segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Projeto Educativo do Festival Internacional de Cinema Porto/Post/Doc

Entre 23 de novembro e 1 de dezembro, o Porto/Post/Doc ocupa novamente vários espaços da cidade com a sua extensa programação. Sessões da nossa programação:

Segunda, 25 14:30: "TRANSNISTRA", Anna Eborn, 93'

Segunda, 25 16:30: 20º ANIVERSÁRIO DA AGÊNCIA DA CURTA METRAGEM, Multiple Directors, 76'

Terça, 26 14:30: "SHOOTING THE MAFIA", Kim Longinotto, 94

Terça , 26 16:30: "SOL NEGRO", Laura Huertas Millán, 43' + "GULYABANI" Gürcan Keltek, 35'

Quarta., 27 14:30: "PAHOKEE", Ivete Lucas, Patrick Bresnan, 112

Quarta, 27 16:30: "AUDRIUS STONYS #01", Audrius Stonys, 83'

Quinta, 28 14:30: "RUSHING GREEN WITH HORSES", Ute Aurand, 82'

Quinta, 28 16:30: "SACAVÉM", Júlio Alves, 65'

Sexta, 29 14:30 “F.H.A.R”, Carole Roussopoulos, 26' + "Y’A QU’A PAS BAISER”, Carole
Roussopoulos, 17' + “S.C.U.M”, Carole Roussopoulos, 28'

Sexta 29 16:30 "AUDRIUS STONYS #02", Audrius Stonys, 87'



Animanimals - Zebra


Animanimals - Zebra
Julia Ocker
Curta-metragem, Animação, 2012, 2,45”
Sinopse – Um dia, uma zebra choca com uma árvore, e aprende alguma coisa…

terça-feira, 12 de novembro de 2019

De Braços Abertos

Imagina que uma família de ciganos acampava à tua porta ou no jardim da tua casa e que, por motivos vários, não podias fazer nada... 
Imagina um muito especial cinemaescas sunset, que te aguarda De Braços Abertos, em que que podias dar umas valentes gargalhadas para esqueceres a correção dos testes...😂
É isto que te propomos para próxima quinta-feira, às 18h40, na confortável sala de pausa, em grande ecrã.  Um filme de 2017, de Philippe de Chauveron. Contamos contigo!
Helena Borges





Título original: À Bras Ouverts
De: Philippe de Chauveron
Com: Christian Clavier, Ary Abittan, Elsa Zylberstein
Género: Comédia
Classificação: M/12
Outros dados: BEL/FRA, 2017, Cores, 92 min.
Sinopse: Um proeminente intelectual francês branco e de esquerda – personagem inspirado em Bernard-Henri Lévy – lança um livro sobre como a sociedade deve ser mais aberta e acolher imigrantes e outras culturas sem preconceitos. A debater o livro na televisão, um oponente de direita desafia-o a fazer isso mesmo: acolher outras culturas na sua própria casa. Ele, a mulher (herdeira de uma fortuna e aspirante a artista) e o filho acolhem assim em casa uma família cigana. 
O que se segue é uma comédia cheia de confrontos entre as duas culturas.

in: PÚBLICO ONLINE

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

CINE NON STOP

No dia 4 de novembro, dia de paragem das atividades letivas, há CINE NON STOP no auditório da escola. Aparece e leva um amigo também.


sábado, 19 de outubro de 2019

Cinemateca Júnior

PROGRAMA de ATIVIDADES ESCOLAS 2019-2020
Para grupos escolares de todos os níveis de ensino




A ESCOLA NÃO TEM DE SER A PRETO E BRANCO, ESPREITE ABAIXO!

Nha Fala, Comédia, Musical


CINEPT

"Nha Fala" é uma comédia musical que conta a história de Vita, uma jovem africana que está proibida de cantar, porque uma maldição ancestral, passada de geração em geração, ameaça de morte qualquer mulher que se atreva a cantar naquela família. Antes de partir para a Europa para continuar os estudos, a mãe obriga Vita a prometer que nunca cantará.
Em Paris, Vita conhece Pierre, um jovem músico, e apaixona-se. Radiante de felicidade, Vita solta-se e acaba por cantar e Pierre, surpreendido com o seu talento, convence-a a gravar um álbum, que se torna um êxito. Mas Vita, horrorizada pelo peso da maldição e temendo que a mãe descubra que ela faltou ao prometido, resolve regressar a casa, a África... para morrer. Com a ajuda de Pierre, Vita encena a própria morte e a ressurreição, provando assim à família e aos amigos que tudo é possível, quando se tem a coragem de ousar.
"Nha Fala" significa a minha voz, o meu destino, a minha vida, o meu caminho. Quatro palavras, símbolos de esperanças, que o realizador Flora Gomes reuniu para mostrar que às vezes a esperança ainda se transforma em incerteza no século XXI para os jovens africanos, e para mostrar também como é que isso se supera e que a música e o canto serão sempre símbolos de liberdade.
Fonte: PUBLICO.PT


Nha Fala
Flora Gomes
Portugal, França, Luxemburgo, 2002
Longa-metragem, Ficção, 210’


Filmes do ensino secundário que integram o PNC pela primeira vez

Estão publicados os filmes que integram o Plano Nacional de Cinema 2019/2010 na categoria do ensino secundário: Um Cão Andaluz A Revolução de Maio Exposição de Lourdes Castro na Galeria 111  Sombras  Painel do 10 junho de 1974 (Mercado do Povo) As Armas e o Povo24 Cores/Seg. Nha Fala Adeus, Lenine Autografia Terra Sonâmbula Antes de Amanhã O Mistério da Estrada de Sintra As Duas Faces da Guerra Nada Tenho de Meu Mustang A Tocadora A Sonolenta Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos Amor, Avenidas Novas 

O Gigante - Animação/Curta-metragem


O Gigante | O Xigante
Luís da Matta Almeida, Julio Valenzer
Portugal, Reino Unido, Brasil, Espanha, 2012
Curta-metragem, Animação, 7’
Sinopse - Um Gigante transporta no coração uma menina. O seu coração é uma janela imensa através da qual a menina descobre e decifra toda a realidade. De coisas assim é feito o “Crescer”.
A partir de trajectos legados pelos pais, os filhos traçam as suas próprias rotas, com erros de interpretação, com desvios de perspectiva, mas que são seus e é com eles que têm de viajar.
E um dia partem, levando a sacola, construindo o seu mundo sobre os mapas que um dia desenharam…
Levando no olhar o Sonho e principalmente Esperança.



Filmes do 3.º ciclo que integram o PNC pela primeira vez

Estão publicados os filmes que integram o Plano Nacional de Cinema 2019/2010 na categoria de 1.º ciclo: O Espírito da Colmeia | El Espíritu de la Colmena Central do Brasil É Preciso que eu diminua Água Mole Terra Ardida 

Animanimals



















Julia Ocker, Studio FILM BILDER, Writer-Director

Julia Ocker é uma diretora de animação, designer e escritora residente em Stuttgart. Nasceu em 1982 em Pforzheim, Alemanha e cresceu na Floresta Negra. Desde 2003 a 2005 estudou Desenho Gráfico em Pforzheim e Cairo e desde 2006 a 2012 Animação em Filmakademie Baden-Württemberg. Os seus filmes cobrem uma grande variedade de assuntos, desde dramas até ingénuos e engraçados como "Zebra". Em 2017 Julia fez uma série sobre animais, chamada „Animanimals“ e está muito entusiasmada com ela.




sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Close-up - Cinema para Escolas





Um extenso e diverso programa para o público escolar, com dez sessões, divididas entre os auditórios da Casa das Artes, dos Agrupamentos de Escolas, do ACE – Escola de Artes de Famalicão (para alunos de Teatro), da OFICINA - Escola Profissional do Instituto Nun'Alvares (para alunos de Audiovisuais e Multimédia) e da Universidade do Minho, direccionadas para todos os escalões etários, incluindo propostas de animação e de documentário, sessões comentadas e oficinas e uma masterclasse de Pedro Serrazina. Sessões que ambicionam estender-se para lá da sala de projecção e enriquecer os currículos da escola, em diálogo com a restante programação do Close-up, sob o tema do Tempo, com destaque, também, para as histórias do cinema francês, com filmes de Agnès Varda e Jean-Luc Godard.


Sessões na Casa das Artes de Famalicão


O ACOSSADO de Jean-Luc Godard
15.Out (10h00, GA) _ sessão para escolas (3.º ciclo, secundário e audiovisuais)

RAPOSA MANHOSA E OUTRAS HISTÓRIAS de Patrick Imbert, Benjamin Renner
15.Out (15h00, GA) _ sessão para escolas (1.º e 2.º ciclos)

OFICINA “QUANTO TEMPO TEM O TEMPO NO CINEMA
16.Out (10h00, PA) _ sessão para escolas (3.º ciclo e secundário)

MUR MURS de Agnès Varda
17.Out (10h00, GA) _ sessão para escolas (3.º ciclo, secundário), comentado por Tânia Leão

MR. LINK de Chris Butler (versão legendada)
18.Out (15h00, GA) _ sessão para escolas (2.º e 3.º ciclos)

CLOSE-UP – Observatório de Cinema: O Tempo (4.º episódio, 12 a 19 de Outubro) 2 de 3

O ACOSSADO de Jean-Luc Godard
15.Out (10h00, GA) _ sessão para escolas (3.º ciclo, secundário e audiovisuais)
Título original: À Bout de Souffle (França, ficção, 1959, 85 min)
Classificação: M/12

Michel Poiccard (Belmondo), ladrão de automóveis, mata o polícia que o persegue. Em Paris reencontra a sua amiga americana Patricia Franchini (Jean Seberg). Michel tenta convencê-la a ir com ele para Itália, mas a polícia descobre a identidade do assassino e ele é procurado. "À Bout de Souffle" é um dos filmes que melhor ilustra as consequências práticas e teóricas dos postulados da Nouvelle Vague, fazendo "explodir" o cinema para depois o reinventar. A primeira longa-metragem de Godard resultava, por si mesma, num nos momentos mais decisivos de toda a história do cinema.

RAPOSA MANHOSA E OUTRAS HISTÓRIAS de Patrick Imbert, Benjamin Renner
15.Out
(15h00, GA) _ sessão para escolas (1.º e 2.º ciclos)
Título original: Le grand méchant Renard et autres contes... (Belgica/França, animação, 2017, 95 min)
Classificação: M/6

Era uma vez uma quinta onde reinava o sossego e o contentamento. Mas, como nada é perfeito, neste lugar os animais eram um pouco dados a desvarios. Ali, entre tantas coisas incomuns, havia uma raposa pouco astuta que se esforçava – sem sucesso – por assaltar o galinheiro, um lagarto fluente em mandarim, uma galinha hiperactiva, um coelho crente que era uma cegonha e um pato que se queria fazer passar por Pai Natal...Realizado por Benjamin Renner ("Ernest e Célestine") e pelo estreante Patrick Imbert, uma comédia de animação para os mais pequenos, repartida em três pequenas histórias que adaptam "Le Grand Méchant Renard” e "Un Bébé à Livrer”, banda desenhada da autoria do próprio Renner.


OFICINA “QUANTO TEMPO TEM O TEMPO NO CINEMA”
16.Out (10h00, PA) _ sessão para escolas (3.º ciclo e secundário)

A oficina de cinema pretende explorar a os conceitos do tempo cronológico, o da ação, versus o tempo da narrativa, partindo de cenas da curta-metragem documental A Ver o Mar. Nesta oficina, os participantes vão ter noções sobre a importância da duração do plano, da sequência de imagens, e da “manipulação do tempo” através da montagem, que permite avanços e recuos temporais. O objetivo é
que os jovens consigam desenvolver as suas capacidades criativas e técnicas através de um exercício prático no qual vão experimentar a noção de passagem do tempo.

MUR MURS de Agnès Varda 
17.Out (10h00, GA) _ sessão para escolas (3.º ciclo, secundário)
Título original: Mur Murs (França/EUA, documentário, 1981, 65 min)
Classificação: M/12

Vagueando entre Venice Beach e Watts, Agnès Varda analisa as novas formas de arte pública que se manifestam na Los Angeles do início da década de 1980 e como estas espelham as muitas tribos urbanas da metrópole. Mur Murs é um documentário sobre os murais em Los Angeles. Quem os pinta…? Quem olha para eles…? Quem os paga…? Como é que a capital do cinema se revela sem ilusões através dos seus muros murmurantes. Quem fala? As pessoas de Los Angeles. A quem? A uma curiosa realizadora francesa. 

CLOSE-UP – Observatório de Cinema: O Tempo (4.º episódio, 12 a 19 de Outubro) 3 de 3

MR. LINK de Chris Butler (versão legendada) _ 18.Out (15h00, GA) _ sessão para escolas (2.º e 3.º
ciclos)
Título original: Mr. Link (EUA/Canadá, animação, 2019, 95 min)
Classificação: M/6

Apresentamos o Mr. Link: dois metros e quarenta, 290 quilos e coberto de pelo. Mas não se deixem enganar pelas aparências. Ele é divertido, simpático e adoravelmente literal, o que faz dele a lenda mais cativante do mundo. Farto de levar uma vida solitária, no Noroeste do Pacífico, Mr. Link recruta o audaz explorador Sir Lionel Frost para o guiar numa viagem em busca dos seus primos, há muito  perdidos, no mítico vale de Shangri-La. Juntamente com a aventureira Adelina Fortnight, o destemido trio de exploradores enfrenta perigos incontáveis, enquanto viaja até aos confins do mundo para ajudar o seu novo amigo. Mr. Link é a mais recente produção de um dos inovadores estúdios de animação em stop motion, a Laika.