terça-feira, 16 de julho de 2019

Aquametragem


A curta-metragem animada Aquametragem, da portuguesa Marina Lobo, foi a vencedora da categoria “Proteger o nosso planeta” no Festival de Filmes ODSs em Acção, organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Esta é a maior competição de trabalhos cinematográficos dedicados aos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 
inhttps://www.publico.pt, 16/07/2019

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Ciclo de Cinema dedicado a Luís Buñuel

Leopardo Filmes e Medeia Filmes apresentam um ciclo de cinema dedicado a Luís Buñuel, a começar no dia 11 de julho, no Espaço Nimas, em Lisboa, e no Teatro Campo Alegre, no Porto. A sessão de apresentação do ciclo em Lisboa terá lugar no Cinema Medeia Monumental, dia 7 de julho, às 19h15, com o seguinte programa:

TRAS NAZARÍN (2015)
de Javier Espada (realizador e fundador do Centro Buñuel de Calanda) – 1h15

UN CHIEN ANDALOU / UM CÃO ANDALUZ (1929)
de Luis Buñuel, co-realizado com Salvador Dalí – 16min

L’ÂGE D’OR / A IDADE DE OURO (1930) – 1h

A sessão é seguida de conversa com Javier Espada.


 

25 X BUÑUEL
Leopardo Filmes
Teatro Campo Alegre - Porto


11 de Julho
ELE / ÉL (1953) - Duração: 1h32

12 de Julho
UM CÃO ANDALUZ / UN CHIEN ANDALOU (1929) - Duração: 1h30
A IDADE DE OURO / L’ÂGE D’OR (1930) - Duração: 0h24
LAS HURDES, TERRA SEM PÃO / LAS HURDES, TIERRA SIN PAN (1932) - Duração: 0h29

13 de Julho
ENSAIO DE UM CRIME / ENSAYO DE UN CRIMEN (1955) - Duração: 1h30

14 de Julho
ELE / ÉL (1953) - Duração: 1h32

15 de Julho
ENSAIO DE UM CRIME / ENSAYO DE UN CRIMEN (1955) - Duração: 1h30

16 de Julho e 17 de Julho
O BRUTO / EL BRUTO (1953) - Duração: 1h21

18 de Julho
UMA MULHER SEM AMOR / UNA MUJER SIN AMOR (1951) - Duração: 1h22

19 de Julho e 20 de Julho
O MONTE DOS VENDAVAIS / ABISMOS DE PASIÓN (1953) - Duração: 1h31

21 de Julho e 22 de Julho
NAZARÍN (1958) - Duração: 1h34

23 de Julho e 24 de Julho
AS AVENTURAS DE ROBINSON CRUSOE / LAS AVENTURAS DE ROBINSON CRUSOE
(1953) - Duração: 1h29

25 de Julho
A FILHA DO ENGANO (1951) - Duração: 1h20

26 de Julho e 27 de Julho
VIRIDIANA (1961) - Duração: 1h30

28 de Julho e 29 de Julho
OS ESQUECIDOS / LOS OLVIDADOS (1950) - Duração: 1h20

30 de Julho e 31 de Julho
SUSANA / SUSANA, DEMONIO Y CARNE (1951) - Duração: 1h25

Horários

Segunda à sexta: 18h30, 22h00
Sábados e domingos: 15h30, 18h30, 22h00



 


25 X BUÑUEL
Leopardo Filmes
Espaço Nimas - Lisboa


11 de Julho
ELE / ÉL (1953) - Duração: 1h32

12 de Julho e 13 de Julho
UM CÃO ANDALUZ / UN CHIEN ANDALOU (1929) - Duração: 1h02
A IDADE DE OURO / L’ÂGE D’OR (1930) - Duração: 0h24
LAS HURDES, TERRA SEM PÃO / LAS HURDES, TIERRA SIN PAN (1932) - Duração: 0h29

14 de Julho e 15 de Julho
ENSAIO DE UM CRIME / ENSAYO DE UN CRIMEN (1955) - Duração: 1h30

16 de Julho e 17 de Julho
ELE / ÉL (1953) - Duração: 1h32

18 de Julho
O BRUTO / EL BRUTO (1953) - Duração: 1h21

19 de Julho e 20 de Julho
O MONTE DOS VENDAVAIS / ABISMOS DE PASIÓN (1953) - Duração: 1h31

21 de Julho e 22 de Julho
AS AVENTURAS DE ROBINSON CRUSOE / LAS AVENTURAS DE ROBINSON CRUSOE (1953) - Duração: 1h29

23 de Julho e 24 de Julho
O BRUTO / EL BRUTO (1953) - Duração: 1h21

25 de Julho
UMA MULHER SEM AMOR / UNA MUJER SIN AMOR (1951) - Duração 1h22

26 de Julho e 27 de Julho
NAZARÍN (1958) - Duração: 1h34

28 de Julho e 29 de Julho
A FILHA DO ENGANO / LA HIJA DEL ENGAÑO (1951) - Duração: 1h20

30 de Julho e 31 de Julho
UMA MULHER SEM AMOR / UNA MUJER SIN AMOR (1951) - Duração 1h22

1 de Agosto
VIRIDIANA (1961) - Duração: 1h30

2 de Agosto e 3 de Agosto
OS ESQUECIDOS / LOS OLVIDADOS (1950) - Duração: 1h20

4 de Agosto e 5 de Agosto
SUSANA / SUSANA, DEMONIO Y CARNE (1951) - Duração: 1h25

6 de Agosto e 7 de Agosto
VIRIDIANA (1961) - Duração: 1h30

Horários:

13h30, 15h30, 17h30, 19h30, 21h30
Com exceção dos dias 12 e 13 de Julho: 14h00, 16h30, 19h00, 21h30

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Les Uns et Les Autres

O ano está a chegar ao fim, mas parece que nunca mais chega? Ainda tens montes de coisas para fazer, mas nada te rende? O que precisas é de desligar por momentos e recuperar forças para a meta final. Rir, gargalhar 😂 😂, conviver é o que te propomos no Cinemaescas  Sunset:  dia 29 de maio, pelas 18h40, na sala de pausa, com mimos gastronómicos. O filme é francês - "Les uns et les Autres" e promete muito riso e discussão!

Contamos contigo!

A equipa do Cinemaescas





Les Uns et Les Autres é um filme francês, com argumento e realização de Claude Lelouch.
Data de lançamento: 27 de maio de 1981 (França)
Direção: Claude Lelouch
Música composta por: Francis Lai, Michel Legrand, Pierre Barouh, Jean Yanne




Enquanto o mundo batalhava entre si durante a Segunda Guerra Mundial, quatro famílias de distintos países - Estados Unidos, França, Alemanha e Rússia - cruzaram-se em circunstâncias históricas e  unem-se através da dança e do drama. Este clássico decalca o Bolero de Ravel, com uma coreografia marcante de Jorge Donn em pleno Trocadero parisiense. A música tornou-se uma verdadeira febre na época lançada sendo quase impossível ouvir a música e não a associar ao filme. Composto de um elenco de extraordinários atores, sob a direção de Claude Lelouch, destacado pela criação de diversas obras primas do cinema de arte, "Les Uns et Les Autres" é sem dúvida, um dos filmes mais marcantes de sua época e continua encantando plateias do mundo inteiro.
in: Inter Filmes, http://www.interfilmes.com/filme

Camille Claudel e Renoir, filmes a não perder

No âmbito da "Semana das Artes" e do Plano Nacional de Cinema, serão projetados no anfiteatro dois filmes (para o 3.º ciclo e secundário), na próxima quarta-feira segundo horário abaixo.

MANHÃ

 08h30-10h10 – 3.º Ciclo - Camille Claudel, 1915 (2013), de Bruno Dumont

 10H15-12h15 - Secundário - Renoir (2013), de Gilles Bourdos

TARDE

13h30-15h10 - 3.º Ciclo - Camille Claudel, 1915 (2013), de Bruno Dumont

15H30-17h30 - Secundário - Renoir (2013), de Gilles Bourdos





Título original: Camille Claudel 
De: Bruno Dumont
Com: Juliette Binoche, Emmanuel Kauffman, Jean-Luc Vincent
Género: Drama, Biografia
Classificação: M/12
Outros dados: FRA, 2013, Cores, 95 min.





Título: Renoir
Data de lançamento 12 de julho de 2013 (1h 52min)
Direção: Gilles Bourdos
Elenco: Michel Bouquet, Christa Théret, Vincent Rottiers
Género: Drama
Nacionalidade: França

domingo, 26 de maio de 2019

Para começar uma semana divertida, bem, ou simplesmente começar...

...o cimemaescas desenvolve atividades dentro da Semana das Artes. A sétima arte, presente já em anos anteriores nesta Semana, começa-a com pequenas animações.Desejamos a todos uma boa Semana das Artes!
A equipa do cimemaescas












terça-feira, 12 de março de 2019

ESTREIA ESTE MÊS


ESTREIA ESTE MÊS Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos (2018), Brasil/Portugal, Renée Messsora e João Salaviza

sexta-feira, 8 de março de 2019

Cinema na escola...

O filme de 2018, Nada a Esconder, foi o motivo para um grupo de professores se juntarem à volta de uma mesa de iguarias e deliciar-se com a projeção da película durante uma hora e meia. Da comédia ao drama, passaram-se momentos de riso, descontração, reflexão... Aquela caixinha negra dos nossos dias deu que pensar a todos. Obrigada aos cinéfilos que, após um dia de trabalho, conseguiram ter a coragem de viver um bocadinho mais a escola!


quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Nada a Esconder

Continuas cansado(a), invernoso, sempre a sonhar com os dias de férias nas Bahamas que nunca mais chegam?
Nós temos a solução! 😂 😂
É isso mesmo! Rir, gargalhar, conviver é o que te propomos no Cinemaescas  Sunset:  dia 7 de março, pelas 18h40, na sala de pausa, com mimos gastronómicos. 

O filme é francês - "Nada a Esconder" e promete muito riso e discussão!

Contamos contigo!

A equipa do Cinemaescas





Com o objetivo de "apimentar" um jantar de velhos amigos, todos concordam em partilhar qualquer mensagem que recebam nos telemóveis... e os resultados são desastrosos.

Filme de 2018
Maiores de 13 anos 
Duração de 1 h 33 min 
Comédia/Drama
Com: Bérénice Bejo, Suzanne Clément, Stéphane De Groodt

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Jaime


Jaime
António Reis
Portugal, 1974
Curta-metragem, Documentário, 34’
Sinopse  –  Através  do  desenho  e  da  pintura,  Jaime,  doente psiquiátrico,  busca,  no  seu  labirinto  interior  e  no  exterior que  o  rodeia,  a  harmonia  que  lhe  escapou:  o  sentido  das origens,  as  imagens  do  seu  passado  distante,  as  presenças do universo ausente das terras de Barco, na Beira Baixa, que cedo a cidade lhe roubou.