quinta-feira, 5 de maio de 2022

Casa Museu de Vilar | Cinema de Animação

A Casa Museu de Vilar é um pequeno museu dedicado à imagem em movimento. Tem 3 salas de exposição: o pré cinema, a arte de Abi Feijó e de Regina Pessoa e a animação internacional. Oferece também a possibilidade de realizar workshops de cinema de animação e a projeção de filmes animados. Possui uma biblioteca e uma videoteca de animação, assim como um apequena loja de animação.

Apresentamos aqui a publicação de mais de 100 filmes de animação produzidos em várias parcerias, workshops, ... 

Vale a pena dar uma vista de olhos! »»»»



terça-feira, 8 de março de 2022

 
Central do Brasil, Brasil, 1998, 113 min

Walter Salles criou um filme que retrata o Amor e a Resiliência de duas pessoas que o azar uniu. Ao longo da sua caminhada por um Brasil desconhecido a ternura envolve-os, muitas vezes mascarada de azedume.
 
Dora, uma amargurada ex-professora, ganha a vida a escrever cartas para pessoas analfabetas, que ditam o que querem contar às suas famílias, e Dora recebe o dinheiro sem sequer enviar as cartas. Um dia, Josué, o filho de nove anos de idade de uma de suas clientes, fica sozinho quando a mãe é morta num acidente. Ela resiste a cuidar do menino, mas acaba por se juntar a ele numa viagem pelo interior do Nordeste, em busca do pai de Josué, que ele nunca conheceu.

Inscreve-te no Plano Nacional de Cinema (contatar a docente Cristina Magalhães) e  faz o teu agendamento para poderes usufruir desta obra de arte que rendeu a Fernanda Montenegro a nomeação para um Óscar de Melhor Atriz.


A ver com um lencinho ao lado


José e Pilar | Uma história de amor

"A  Pilar, que ainda não havia nascido, e tardou tanto a chegar"

José Saramago

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Filme BELLE, de Amma Asante - Dia 14 de fevereiro

 Filme disponível na plataforma streaming do PNC, em: https://pnc.gov.pt no dia 14 de fevereiro



Sinopse - Belle (Gugu Mbatha-Raw) é filha do capitão britânico John Lindsay e de Maria Belle, uma escrava africana. Segundo as leis da época, uma filha ilegítima de um branco e de uma mulher negra cresceria como escrava.
No entanto, após a morte da mãe, a criança é levada para Inglaterra, e entregue aos cuidados de dois familiares paternos, Lorde e Lady Mansfield (Tom Wilkinson e Emily Watson), para ser criada segundo os preceitos da aristocracia inglesa. Em pleno séc. XVIII, numa época em que a escravatura é encarada com normalidade, a sua cor de pele é vista com maus olhos, e Belle descobre a mentalidade racista e a própria situação da mulher. Entretanto, conhece o advogado John Davinier (Sam Reid). A atração entre os dois e a partilha de ideias comuns sobre a questão dos direitos precipita um envolvimento romântico, numa sociedade que não está preparada para esta profunda mudança de valores.
Realizado pela cineasta britânica Amma Asante, a partir de uma história escrita pela argumentista Misan Sagay, nesta ficção convergem diversas vertentes: por um lado, as transformações histórico-sociais e as mudanças culturais vividas na Inglaterra durante a 2.ª metade do século XVIII; a mudança de mentalidades provocada por conflitos sociais emergentes, como, por exemplo, as questões de direitos humanos, o racismo e o próprio papel das mulheres. Por outro lado, o desabrochar dos afetos e o romance que desafia as normas socialmente dominantes.

Classificação etária: Maiores de 6 anos

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Rua da Humanidade, 8

O filme é francês, "Rua da Humanidade, 8" e promete boa disposição! Contamos contigo para mais um sunset cinema! Vem partilhar alegria e algo mais...

Dia 25 de novembro, pelas 19:15 horas, na sala de pausa dos professores, na sede do Agrupamento, esperamos por ti. Aparece!

A equipa do Cinemaescas


Quando Paris entra em confinamento durante a pandemia, os curiosos residentes de um apartamento devem ajustar-se a um novo modo de vida e uns aos outros.

Dirigido por Dany Boon

Ano de 2021

Adaptado ao cinema por Laurence Arné e Dany Boon

Dany Boon, François Damiens, Laurence Arné, são alguns dos protagonistas

 Ver o trailer do filme 
Huit Rue de l'Humanite



quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Concurso Nacional de Curtas Metragens | “ Há Rio e Mar, Há Lixo para Transformar”

O IPDJ, IP, lança o Concurso Nacional de Curtas Metragens “ Há Rio e Mar, Há Lixo para Transformar” e espera-se uma explosão de criatividade da parte de todos os jovens.

Este concurso surge no âmbito do projeto “Há Rio e Mar, Há Lixo para Transformar”, financiado pelo Programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono ‘Programa Ambiente’, do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu 2014-2021 - Small Grants Scheme #1 – Projetos para a prevenção e sensibilização para a redução do lixo marinho.

É destinado a todos os(as) jovens dos 14 aos 18 anos de idade. Os/As participantes poderão concorrer individualmente ou em equipa de 2 participantes. 

A apresentação de candidaturas tem o seu início no dia 15 de novembro e termina no dia 31 de dezembro de 2021.

Conforme o regulamento, os trabalhos devem ser submetidos a concurso através de um link de Youtube. Caso não seja cedido um link youtube com as curtas-metragens, estas não serão excluídas do concurso e poderão ser enviadas, através de link de uma outra plataforma (Vimeo, etc), até às 23h59 do dia 31 de dezembro de 2021 para o endereço eletrónico mailporto@ipdj.pt acompanhadas do preenchimento do formulário de inscrição e autorização para participação, no caso dos/as menores.

https://ipdj.gov.pt/noticias/concurso-nacional-de-curtas-metragens

Participa! Notícia dada pelo Diretor Regional da Direção Regional do Norte