sexta-feira, 31 de maio de 2024

Entrega de Prémios - Concurso de curtas-metragens AESCAS "Há sempre um antes e um depois"


No dia 28 de maio, pelas 10h20, no Auditório Manuel Ferreira, foi realizada a cerimónia de entrega dos prémios à curta-metragem vencedora e aos participantes no Concurso de curtas-metragens AESCAS "Há sempre um antes e um depois".

O Concurso foi dinamizado pela Equipa do Plano Nacional de Cinema no nosso Agrupamento e teve como público alvo os alunos desde o pré-escolar até ao ensino secundário.

Das curtas-metragens a concurso foi atribuído pelo Júri o Prémio Melhor Curta-metragem à curta "Art before and after the dictatorship" da autoria das alunas Ana Coelho, Ana Felizardo, Inês Nunes e Liliana Mota do 11ºE .

Entrega do Prémio às vencedoras pela Dra. Manuela Barbosa


                            Entrega dos prémios de participação aos alunos Afonso Barbosa, Ana Silva, Beatriz Moreira e Catarina Medeiros do 11ºE 


A todos os participantes as nossas felicitações.

A Equipa do Plano Nacional de Cinema no Agrupamento de Águas Santas

segunda-feira, 22 de abril de 2024

Concurso de curtas-metragens AESCAS "Há sempre um antes e um depois"


             Foi atribuído pelo Júri o Prémio Melhor Curta-metragem do Concurso de curtas-metragens

            AESCAS "Há sempre um antes e um depois" à curta  "Art before and after the dictatorship".

                                         A equipa do Plano Nacional de Cinema no Agrupamento de Águas Santas






sexta-feira, 26 de janeiro de 2024

Concurso de curtas-metragens AESCAS




Os alunos do Agrupamento de Águas Santas estão convidados a participar no Concurso de Curtas-Metragens AESCAS intitulado “Há sempre um antes e um depois” .
 

Regulamento do festival

Artigo 1.º
Âmbito
O “Há sempre um antes e um depois” é um festival de cinema dedicado às curtas-metragens organizado pelo Núcleo do Projeto Plano Nacional de Cinema (PNC) no Agrupamento de Escolas de Águas Santas.

Artigo 2.º
Objetivos
O “Há sempre um antes e um depois” é um festival que tem como objetivo promover a produção, exibição e visionamento de curtas-metragens. É um evento cultural aberto a todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Águas Santas.

Artigo 3.º
Temas
1- Celebração dos 50 anos da Escola Secundária de Águas Santas.
2- Celebração dos 50 anos da revolução do 25 de abril de 1974.

Artigo 4.º
Processo de entrega e Prazos

Os ficheiros de vídeo deverão ser enviados por partilha para o endereço de correio eletrónico fatima.seixas@aescas.net.
A data limite de inscrição dos filmes é até às 23h59 do dia 05 de abril de 2024.
Os filmes serão analisados e selecionados pelo júri entre 8 e 12 de abril de 2024.
Os autores dos filmes selecionados serão notificados até 19 de abril de 2024.
Os filmes selecionados serão exibidos e postos à votação do público no dia 24 de abril de 2024.
A organização deste concurso informa que não serão visionados nem apreciados filmes recebidos após o prazo de inscrição.

Artigo 5º
Equipa de apoio
Está criada uma equipa que disponibiliza apoio para todos os alunos que dele necessitem na realização das curtas-metragens: Cândido Pereira (Diretor do Centro de Formação candido.pereira@aescas.net), José Alberto Matos e Joaquim Silva (Professores do grupo disciplinar 600 jose.matos@aescas.net e joaquim@silva@aescas.net).

Artigo 6.º
Exibição dos trabalhos
Os filmes selecionados pelo júri serão exibidos no Auditório Professor Manuel Carneiro Ferreira na escola-sede do Agrupamento para votação do público.

Artigo 7.º
Secções competitivas
O “Há sempre um antes e um depois” é constituído pelas seguintes secções competitivas:
1. Pré-Escolar, 1.º e 2.º ciclos;
2. 3.º ciclo e Ensino Secundário.

Artigo 8.º
Condições para Concurso e Participação
Podem concorrer à competição todos os filmes que reúnam cumulativamente as seguintes condições:
1. Vídeos em formato digital baseado em imagens captadas por câmara de vídeo ou telemóvel. Não são admitidas obras produzidas com base em imagens digitais de síntese.
2. Obras inéditas.
3. Duração máxima até 3 minutos, créditos incluídos.
4. Os filmes não podem ter diálogos, mas admitem-se monólogos e palavras/expressões escritas.
5. A resolução mínima dos filmes é HD, 1920 x 1080. Não são admitidos vídeos em formato "vertical", tipo tiktok.
6. Só são admitidos ao concurso filmes unipessoais ou produzidos/realizados em grupo até 4 elementos.
7. As Obras têm de respeitar o Código dos Direitos de Autor e Direitos Conexos, tendo em conta que podem ser publicadas no Youtube sem que sejam bloqueadas por infligir as regras dessa plataforma.
8. As obras têm que respeitar o direito de imagem, isto é não podem conter imagens de pessoas sem autorização.

Artigo 9.º
Júri
O Júri é constituído pela equipa do Projeto Plano Nacional de Cinema (PNC) no Agrupamento de Escolas de Águas Santas. O júri é soberano, não havendo possibilidade de recurso das suas decisões. Em caso de empate, cabe ao júri a decisão final.

Artigo 10.º
Critérios de apreciação e seleção final
Na valorização artística de cada curta-metragem, serão tidos em conta os seguintes critérios de apreciação:
  • a qualidade cinematográfica da curta-metragem no seu conjunto;
  • o ritmo e a qualidade de montagem apresentados pela curta-metragem;
  • a expressividade e qualidade da fotografia e do som;
  • a harmonização das imagens na relação com o som/música da curta-metragem.

Artigo 11.º
Exibição e Divulgação dos filmes premiados
As curtas-metragens premiadas serão exibidas ao longo da “Semana das Artes”, que terá lugar no 3.º período letivo, e os resultados divulgados no último dia da mesma.

Artigo 12.º
Prémios
Em cada tema, será atribuído o Prémio Melhor Curta-metragem. Este prémio corresponde a um cheque prenda no valor monetário de 40 euros para cada secção competitiva.
Em caso de empate, cabe ao júri a decisão final. Da decisão do Júri não há reclamação.

Artigo 13.º
Exceções e situações não previstas
A equipa do Projeto Plano Nacional de Cinema (PNC) no Agrupamento de Escolas de Águas Santas reserva o direito de ponderar e decidir sobre qualquer questão omitida neste regulamento.

A equipa do Plano Nacional de Cinema no Agrupamento de Águas Santas

segunda-feira, 27 de novembro de 2023

Curta-metragem "Our Uniform" obteve a distinção do Grande Prémio Cinanima 23/Prémio Cidade de Espinho

Imagem da curta-metragem "Our Uniform"
 

A 47.ª edição do CINANIMA – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho, que começou em 13 de novembro, teve um total 130 filmes de 33 países em competição. Com a distinção do Grande Prémio CINANIMA 2023/Prémio Cidade de Espinho o filme ‘Our Uniform’, de Yegane Moghaddam, passa assim a integrar a corrida ao Oscar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, na categoria de melhor curta-metragem.

in CINANIMA

segunda-feira, 20 de novembro de 2023

Cinemaescas Sunset

 

Trafic, Jacqes Tati

O filme é uma comédia franco-italiana de 1971 da autoria do cineasta Jacques Tati. 

No dia 23 de novembro pelas 18h30, na escola sede do Agrupamento, há mais um Sunset. 

A equipa do PNC 


sexta-feira, 10 de novembro de 2023

CINANIMA vem às escolas

 


"CINANIMA vai às Escolas 2023" é um programa integrante da 47.ª Edição do CINANIMA - Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho, a decorrer de 13 a 19 de novembro, que tem como objetivo a divulgação do cinema de animação ao público escolar.
Vamos todos ver o CINANIMA!


quarta-feira, 25 de outubro de 2023

Vamos celebrar o Dia Mundial do Cinema!


Imagem retirada de uma cena do filme "Cinema Paraíso" dirigido por Giuseppe Tornatore



A equipa do Plano Nacional de Cinema (PNC), da nossa escola, convida os docentes e os respetivos alunos a participar nas várias sessões de cinema, que irão decorrer durante o dia 6 de novembro de 2023 (2º feira). As sessões irão ter lugar no Auditório para os alunos do 3º ciclo e do secundário e no Anfiteatro para os alunos do 2º ciclo.
Vamos celebrar o Dia Mundial do Cinema! 


segunda-feira, 9 de outubro de 2023

Estreia Nacional de "A Sibila"



"No quadro do Centenário do nascimento de Agustina Bessa-Luís (1922-2019), e na sequência das ações anteriormente dinamizadas, o Plano Nacional de Cinema divulga que no próximo dia 12 de outubro estreia no cinema o filme A Sibila, realizado por Eduardo Brito e produzido por Paulo Branco.

A adaptação cinematográfica do romance homónimo de Agustina Bessa-Luís retrata a relação entre uma jovem escritora e a sua tia, personagens vibrantes inspiradas em figuras reais, a viver no interior norte de Portugal em meados do século XX. Sentimentos de ciúme, admiração e o complexo magnetismo entre duas mulheres fortes são retratados de forma ímpar pela grande escritora portuguesa num dos seus trabalhos mais emblemáticos, agora adaptado ao cinema."

«A adaptação de A Sibila para cinema parte de duas premissas: uma, a vontade de transpor para a tela o espírito da obra, mais do que o seu decalque. Outra, o entendimento da história como uma espiral: insere-se no fluxo do mundo, parece terminar onde começa – toda a narrativa é contada em analepse: e, bruscamente, Germa começou a falar de Quina, lê-se no início do romance. E o tempo recua.»

Eduardo Brito

Site oficial: http://asibila-filme.com/

Site da produtora: https://leopardofilmes.com/filme/a-sibila?category=production

Press Kit: https://leopardofilmes.com/filme/download-presskit/1446/presskit-a-sibila

 in: Direção Geral de Educação/Plano Nacional de Cinema

sexta-feira, 15 de setembro de 2023

Genérico do Cinanima 2023

"Estamos a ultimar os preparativos para a edição de 2023 e estamos cheios de novidades! Esta semana partilhamos convosco um dos momentos mais importantes: o genérico do CINANIMA! 
O genérico deste ano foi produzido pelos alunos do 2.º ano, na unidade curricular Projeto II, da licenciatura em Imagem Animada da Universidade do Algarve."
A Equipa do Cinanima

quarta-feira, 19 de julho de 2023

O Carnaval dos Animais

A partir da obra musical de Camille Saint-Saens, os alunos da Sala de Intervenção Especializada produziram este vídeo, em Stop Motion, com a ajuda dos professores Nuno Marinho, Celeste Castro, Beatriz Braga, Joaquim Silva.



segunda-feira, 15 de maio de 2023

Mais um desafio para vermos em conjunto: "Arte"

Dia 17 de Maio, pelas 18:15 horas, no anfiteatro da escola sede, esperamos por ti para mais um sunset cinema. Vamos ver uma peça de teatro gravada, fantástica e que está ligada à Semana das Artes. Já sabes que contas com mais algumas coisa para degustar antes de se passar à sessão propriamente dita. Aguardamos por ti. Aparece! 


Peça de Teatro "Arte", de Yasmina Reza.

'Arte' de Yasmina no S. João
O Teatro Nacional S. João (Porto) foi palco, no passado dia 4, para a estreia nacional de 'Arte', um espectáculo baseado na obra homónima de Yasmina Reza (1994) e interpretado por António Feio (que traduziu e encenou), José Pedro Gomes e Miguel Guilherme.
'Arte' é uma comédia contemporânea em torno da amizade e das particularidades discursivas que caracterizam a criação artística. Três amigos (Sérgio, Mário e Ivo) discutem o investimento de um deles na aquisição de um 'Quadro Branco' assinado por um reputado artista plástico - o investimento significativamente elevado influencia o relacionamento dos três amigos, funcionando como detonador de uma série de conflitos e tensões que modificam profundamente a relação, como se a aquisição revele um mal-estar e um ciúme que afastam o comprador daqueles que partilham a sua vida. Em registo de divertida cavaqueira, a peça parte, assim, da consideração dos critérios valorativos da arte para outras questões de fundo das sociedades contemporâneas, nomeadamente a diferenciação cultural e social e a amizade.
'Por mais que tentássemos, durante as várias fases de trabalho, acabávamos sempre por falar de relações de Amizade. É disso que a peça trata. Fazer um espectáculo que fala da amizade entre três homens e ter a oportunidade de o construir com três amigos, deu-nos a possibilidade de viver uma situação única. A possibilidade de analisar sentimentos que nós próprios sentíamos uns pelos outros e de os poder manifestar sem restrições de qualquer espécie', escreve António Feio no press-release desta co-produção TNSJ-UAU!!!/Produção de Ideias que permanecerá no S. João entre 11 e 22 de Fevereiro, seguindo depois para Lisboa (Teatro Villaret, de 4 de Março a 26 de Abril).
in: A Página da Educação, n.º 65

domingo, 7 de maio de 2023