quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

15.ª edição da ANIMAR


"A Solar – Galeria de Arte Cinemática, acolhe a exposição da 15ª edição da ANIMAR, projeto de programação cultural de forte pendor educacional, com o objetivo de despertar o interesse do público de todas as faixas etárias para o mundo cinemático."

O Meu Tio Tomás e A Contabilidade dos Dias


Tio Tomás, A Contabilidade Dos Dias (2019)

13 min
Animação  
Realização: Regina Pessoa
Argumento: Regina Pessoa
A partir das memórias afectivas e visuais da minha infância, este filme pretende ser uma homenagem ao meu tio Tomás, um homem humilde e um pouco excêntrico que teve uma vida simples e anónima. Com este filme eu gostaria de testemunhar como não é preciso ser-se alguém. para se ser excepcional na nossa vida.



Breve Biografia de Regina Pessoa
Coimbra (Portugal) 1969

Vivi no campo, numa aldeia perto de Coimbra até aos 17 anos. O meu universo era rural. Não tínhamos televisão, o que na altura era uma grande maçada, mas hoje, reflectindo bem, acho que me salvou. Nos tempos livres pensávamos, líamos e ouvíamos os mais velhos contarem histórias.
E desenhávamos também. Um tio meu encorajava-nos, desenhando nas paredes de cal e nas portas da casa da minha avó, com carvão da fogueira. O facto de desenharmos assim, pelas paredes, ainda por cima incentivados por um adulto, dava-nos uma sensação de liberdade, porque se, por um lado não tínhamos papel nem lápis, arranjávamos sempre umas paredes ou portas. Talvez isso tenha ficado no meu inconsciente porque agora, bastante mais tarde, é já o segundo filme que faço em gravura...

Biografia Formal
Licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade Do Porto, em 1998.
Em 1992 começa a trabalhar no Estúdio Filmógrafo, onde colabora como animadora em vários projectos.
Em 1999 anima e realiza o seu primeiro filme “A Noite”, em gravura sobre placas de gesso.
Em 2005 realiza a curta-metragem de animação “História Trágica com Final Feliz”, igualmente em gravura, cujo projecto foi distinguido com 3 prémios no “Epace Projects” em Annecy 2001 e 4 no Cinanima'05.
Frequência de: Atelier de Animação no Cinanima, orientado por Rodolfo Pastor: story-board e filme (técnica de recortes), 1992;
Estágio de Animação (Desenho e Volume), uma co-produção dos estúdios Filmógrafo (Portugal) e Lazennec Bretagne (França), 1993/94;
Cartoon Master - "Como apresentar um Projecto", em Asolo, Itália, 1995.
Participação no Espace Projets - Annecy'95, com o projecto "A Noite";
Co-orientação de vários Ateliers de Animação, desde 1992.
Em 1992 começa a trabalhar no Filmógrafo - Estúdio de Cinema de Animação do Porto.
Participa, como animadora, no filme "Os Salteadores", de Abi Feijó - 92/93;
Animação e design gráfico do filme "Fado Lusitano", de Abi Feij6 - 94/95;
Animação do filme “Clandestino”, de Abi Feijó - 99/2000.

Filmografia
1996  “Ciclo Vicioso”, 23seg’, Betacam (campanha, para a GlaxoWellcome, contra os malefícios do tabaco) - co-realização com Abi Feijó e Pedro Serrazina
1998  “Estrelas de Natal”, 40’seg, Betacam (para a RTP) - co-realização com Abi Feijó
1999  “A Noite”, 6min 35seg, 35mm
2001  "Odisseia nas Imagens", 25seg. , 35mm Genérico de abertura do Festival
2005  “História Trágica com Final Feliz”, 7min 46seg
in: Ciclope

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

FESTIVAL DE MICRO-METRAGENS





Regulamento do festival de Micro-Metragens À TUA MANEIRA

Agrupamento de Escolas de Águas Santas 

PLANO NACIONAL DE CNEMA (PNC) – Cinemaescas

Artigo 1.º
Âmbito
O À TUA MANEIRA é um festival de cinema dedicado às Micro-Metragens organizado pelo Projeto Cinemaescas – Plano Nacional de Cinema (PNC) do Agrupamento de Escolas de Águas Santas e destina-se a todos os alunos, do 1.º Ciclo ao Ensino Secundário. 

Artigo 2.º
Objetivos 
O À TUA MANEIRA é um festival que tem como objetivo promover a produção, exibição e visionamento de Micro-Metragens. O À TUA MANEIRA é um evento cultural aberto a todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Águas Santas.

Artigo 3.º
Tema
Tema livre com mensagem significativa.

Artigo 4.º
Processo de entrega e Prazos
As Micro-Metragens deverão ser  enviadas para https://cinema.aescas.net/, em formato de ficheiro de vídeo.
A data limite de inscrição de filmes é às 23h59 do dia 28 de fevereiro de 2020. Os filmes serão analisados e selecionados pelo júri entre 2 e 6 de março. Os autores dos filmes selecionados serão notificados até 13 de março de 2020. Os filmes selecionados serão exibidos e postos à votação on-line do público entre 17 e 19 de março.
O festival não garante o visionamento e apreciação de filmes recebidos após o prazo de inscrição.

Artigo 5.º
Exibição dos trabalhos
Os filmes selecionados pelo júri serão exibidos na escola-sede do Agrupamento para votação do público.

Artigo 6.º
O À tua maneira é constituído pelas seguintes secções competitivas:
1. 1.º e 2.º ciclos;
2. 3.º ciclo e Ensino Secundário.

Artigo 7.º
Condições para Concurso e Participação
 Podem concorrer à Competição todos os filmes que reúnam cumulativamente as seguintes condições:
 1. Obras produzidas em smartphone.
2. Obras inéditas.
3. Duração máxima de 3 minutos, créditos incluídos.
4. Os filmes não podem ter diálogos, mas admitem-se monólogos e palavras/expressões escritas.
5. Formato de suporte de exibição: Ficheiro de vídeo com o filme na resolução máxima.
6. São admitidos ao concurso filmes unipessoais ou produzidos /realizados em grupo até 4 elementos.
7. Cada aluno(a)/grupo de alunos só pode apresentar um filme a concurso..
6. Obras apresentadas pelos seus autores.
9. Obras que respeitem o Código dos Direitos de Autor e Direitos Conexos.

Artigo 8.º
Júri
O Júri é constituído pela equipa dinamizadora do Projeto Cinemaaescas – Plano Nacional de Cinema (PNC). O júri é soberano, não havendo possibilidade de recurso das suas decisões. Em caso de empate, cabe ao júri a decisão final.

Artigo 9.º
Critérios de apreciação e seleção final
Na valorização artística de cada Micro-Metragem, serão tidos em conta os seguintes critérios de apreciação:
•A qualidade cinematográfica da Micro-Metragem no seu conjunto.
•O ritmo e a qualidade de montagem apresentados pela Micro-Metragem.
•A expressividade e qualidade da fotografia e do som.
•A harmonização das imagens na relação com o som/música da Micro-Metragem.

Artigo 10.º
 Exibição e Divulgação filmes premiados
As Micro-Metragens premiadas serão exibidas ao longo da “Semana das Artes”, que terá lugar no 3.º período, e os resultados divulgados no último dia da mesma.

Artigo 11.º
Prémios
Em cada categoria, serão atribuídos o Prémio Melhor Filme (prémio a atribuir à melhor Micro-Metragem apresentada ao concurso) e (prémio a atribuir ao filme com mais votos do público). Ambos os prémios correspondem a um troféu e a um valor monetário de 50,00 €. No caso de, em alguma categoria, o Prémio Melhor Filme e Prémio do Público serem atribuídos a um mesmo filme, os autores receberão cumulativamente o valor dos dois prémios.
Nota: Em caso de empate, cabe ao júri a decisão final.

Artigo 12.º
Exceções e situações não previstas 
A equipa do Projeto Cinemaescas – Plano Nacional de Cinema (PNC) reserva o direito de ponderar e decidir sobre qualquer questão omitida neste regulamento.